7 de mar de 2018

Nov.Meditada a S.Francisca Romana - 8º dia






Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, nosso Senhor, dos nossos inimigos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Santíssima Trindade, Pai Filho e Espírito Santo, agradeço-vos todos os favores e todas as graças com que enriqueceste a alma de Vossa serva Santa Francisca Romana durante os anos que passou na terra. E pelos méritos de tão querida Santa concedei-me a graça que ardentemente Vos peço de nunca me apartar de Vós e sempre reconhecer que sou vosso(a) e também a graça (...), se for conforme Vossa Santíssima vontade e para a salvação de minha alma.

OITAVO DIA

Santa Francisca, exemplo de santidade, por sua mortificação.

I - Considerai que Santa Francisca, a imitação de S. Paulo, subjugou seu corpo, não obstante inocente, reduzindo-o à servidão do espírito, por meio de jejuns, penosos cilícios e duríssimas disciplinas. Se nós não temos coragem de praticar tanto, sofremos ao menos com paciência as dores, as enfermidades, com as quais eventualmente o Senhor nos visita; aceitemos de boa vontade tudo quanto contraria nossos gostos, as nossas inclinações e assim nos habituaremos à mortificação cristã.

Pai Nosso - Ave Maria - Glória ao Pai - Santa Francisca Romana, rogai por nós.

II - Considerai que Santa Francisca uniu à mortificação da carne também aquela do espírito. Portanto, não obrou nunca segundo a própria inclinação, mas se sujeitou inteiramente a quem tinha em relação a ela o lugar de Deus, adaptando a própria vontade à do outro, renegando sempre a sua vontade. Empenhemo-nos também nós de imitar ao menos esta interna mortificação, mirando-nos ao exemplo de Francisca. Qualquer pena custe ao nosso amor próprio, lembremo-nos que o Paraíso se consegue com a violência (a nós mesmos, à nossa vontade própria)!

Pai Nosso - Ave Maria - Glória ao Pai - Santa Francisca Romana, rogai por nós.

III - Considerai que o espírito de mortificação interna e externa de Francisca era estimulado da percepção de dever portar a cruz a semelhança do Crucificado e, como ele, fazer a vontade divina. Assentimo-lo, portanto, também nós e revestimo-nos deste espírito de dupla mortificação sem a qual não seremos nunca verdadeiros sequazes de Jesus Cristo. Persuadamo-nos que não é possível seguir o nosso Chefe e comandante que nos precede com a cruz, espinhos e pregos, obediente até a morte, permanecendo nós mesmos entre os ágios e as delícias, com apenas a nossa vontade como guia.

Pai Nosso - Ave Maria - Glória ao Pai - Santa Francisca Romana, rogai por nós.

Oração. Ó Santa Francisca! Vós soubestes domar tão bem o vosso corpo com austeridade e rigores, com jejuns e asperíssimas penitências que podeis comparar-vos aos mais rígidos penitentes; freastes também todas as vontades de vosso espírito em tal modo que, renegando sempre a vossa vontade para fazer a dos outros, nos ensinaste a percorrer o seguro caminho da salvação, demonstrando-vos, com a vossa dupla mortificação, verdadeira sequaz de Jesus! Que devemos dizer de nós, tão distantes da mortificação cristã que muito delicadamente tratamos o nosso corpo, e tão distantes de abjurar a vontade e submetê-la àquela de quem dirige as nossas almas? De nós tão fáceis a procurar tudo aquilo que nos apraz e a abominar a Cruz de Jesus Cristo? Eia, pois! Ó grande Santa, obtende-nos graças supremas para imitarmos os vossos exemplos e percorrermos as vias calcadas pelos Santos e ensinadas pelo Santo dos Santos, onde fazer parte um dia de seu beato séquito. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.





Fonte: http://precantur.blogspot.com.br/2015/02/novena-meditada-santa-francisca-romana.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.