23 de jun de 2018

Reflexões sobre a Misericórdia Divina - parte 2




Irmãos, dando continuidade à postagem anterior (parte 1), prosseguimos sobre nossas reflexões sobre a Misericórdia Divina:

O Senhor nos chama a olhar para Ele não só como o Deus Todo Poderoso, mas também de outros modos como Ele mesmo nos revela nas Escrituras: como um Santo Companheiro, como Pai, como Esposo de nossas almas, como Redentor, como Amigo e Conselheiro. Deus é Amor. Não podemos esquecer nunca disso. O Amor é Amor.

Deus nos avisou de que teríamos muitas dificuldades no mundo, cruz, sofrimentos diversos, etc. Mas também revelou que nunca estaríamos sós. Ele está conosco sempre, sempre, sempre. Em cada minuto de nossa vida Ele está presente. Deus não dorme e não falha. Nós falhamos, Deus não. Se Ele retirar sua mão, deixaríamos de existir imediatamente. Ele está perto, mais presente do que possamos imaginar; Mais presente do que o ar que você respira. A presença de Deus é um mistério fabuloso a se contemplar.

De quantos instrumentos Deus se utiliza ou se utilizou para nos lembrar Dele quando tantas vezes nos esquecemos Dele? Usou circunstâncias, palavras ou instrumentos para nos dizer: "Ei! Eu estou aqui, filho! Lembra de mim? Estou aqui!". Nos lembrando de sua presença e cuidado. Quantas vezes achamos erroneamente que Ele se esqueceu de nós, quando na verdade, muito pelo contrário, somos nós que nos esquecemos Dele e o buscamos tardiamente, só quando necessitamos de algo. Projetamos em Deus a nossa displicência. Ele não age como nós. Sua presença é real e constante. Crendo ou não nisso, saiba, Ele está aí, sempre esteve e sempre estará. Busque percebê-lo melhor.

A volta de Jesus é iminente. Como diz o Catecismo, depois da Ascensão, o retorno escatológico de Cristo pode ocorrer a qualquer momento. Ele voltará a nós de forma gloriosa e inesperada! Devemos viver Nele o quanto antes! Nos preparar para sua vinda final estando com Ele o máximo possível.

Não podemos esperar ser santos para irmos à Ele. Lancemo-nos nos seus braços de Pai, nos braços do nosso Criador. O Criador Eterno nos ama infinitamente. "Vinde a Mim" - diz Jesus. Ele perdoará os nossos pecados que nos aprisionam a alma. Basta irmos a Ele arrependidos e a Sua Misericórdia se inclina para nós. Não podemos ter medo do Senhor.

Nunca diga: "Eu clamo de manhã, à noite oro, por vários dias e Deus não me ouve". Não irmão, Ele te ouve sim! Ele vem a ti com o seu Sagrado Coração nas mãos para te oferecer e dizer que te ama. Quer trazer Suas Bênçãos para que elas possam florescer no seu coração. Nenhuma súplica feita de coração será em vão. Ele escuta tudo. Não posso dizer o mesmo das orações feitas distraidamente, mecanicamente e frias. Mas as feitas verdadeiramente do coração são ouvidas pelo Senhor, sem dúvida. Ele ouve e te atende. Na oração Ele já começa a te atender. Lá mesmo Ele está presente ainda que não possas vê-Lo nem senti-Lo. Ainda que te sintas na dor, no sofrimento, na secura, pregado na cruz, saiba: Ele está aí, mais perto de ti do que nunca. Ele também sofreu e te entende.

Ele atende suas orações não com o que você quer, mas no que você realmente precisa. Olha que belo! Olha que grandioso! Deus, que sabe o que é o melhor para você mais do que você mesmo julga saber, não lhe dará o que você quer do seu jeito, mas lhe dará infinitamente mais: lhe dará o que você realmente precisa segundo a visão da Providência Divina Sapientíssima. Na sua Infinita Sabedoria Ele vai te dar o correto, na quantidade correta, na qualidade exata e no tempo certeiro.

Às vezes, por causa da nossa cabeça dura, sofremos e ficamos impossibilitados de entender as coisas. Às vezes sofremos por causa da nossa maldade, outra pelas maldades dos outros, outras sem explicação coerente. Mas saiba de uma coisa, a coisa mais importante de todas: Deus tem o poder de transformar todo mal em um bem muito maior. "Tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus", isto é, se agirmos em santidade no meio da tormenta, virá o momento em que Deus vai poder agir e transformar todo mal em um bem maior. Mas se agirmos descontroladamente, com ira, com revolta, com todo o tipo de maldade, então podemos piorar tudo, estragar mais ainda nossos sofrimentos.

Jesus vem a nós com seu Coração Chagado, seu Sagrado Coração, Manso e Humilde a nos oferecer refúgio e socorro. Corra para os braços de Deus durante a tormenta e aguarde a tempestade passar. Saiba que Ele está ao seu lado, creia, Ele também está na barca junto contigo, sofrendo contigo e esperando o momento certo de agir de acordo com a nossa liberdade que Deus nunca quer ferir.

Toma o Sagrado Coração de Jesus que Ele vem a ti te oferecer! É para você! Toma esse Coração que te ama! Não o recuses. Não tenhas receio ou medo. Ele é aquele que mais te ama. Te ama mais do que qualquer criatura possa te amar.

Olha para os passos do Mestre. Siga os passos Dele. Suas pegadas tem sinais do seu precioso sangue. Não siga os passos do mundo, do pecado, da morte e da perdição. As pegadas de Cristo, por mais que estejam manchadas de sangue, se trata de um sangue sagrado, libertador, que te trará paz, segurança e libertação. É um sangue purificador que cura e que traz a verdadeira alegria. Não a falsa alegria que o mundo macaqueia de Deus.

O Senhor ainda sofre por nós. Sofre por amor. Suas chagas estão abertas. Os pecados da nossa geração reabrem suas feridas e Ele sofre. Sofre por causa da nossa maldade. Sofre poque ama. Sofre porque se preocupa conosco e quer nos salvar. Jesus experimenta de novo a dor, tortura, cruz e a sede cruel... Ele tem sede de amor. Sede de almas.

Não há amor na nossa geração. O aborto, a promiscuidade sexual, o divórcio, traições, egoísmo, brigas, assassinatos, ódios, revoltas, mentiras, maldades... Tudo isso fere profundamente o Coração de um Deus que sempre nos amou e fez tudo por nós. Quanta ingratidão, quanto desamor, quanta traição da nossa parte para com Deus! De novo o colocamos na cruz e o recrucificamos...

E ainda assim Ele nos ama...

Nos ama e se preocupa conosco e quer nos salvar. Ele não desiste de nós!

Não desiste de nos curar, de nos chamar, pois quer nos tirar do caminho de morte, quer nos libertar porque somos seus filhos. Somos seus. Por mais que nos afastemos somos Dele. Somos sua semente, nascemos Dele, nascemos para Ele e nunca seremos felizes e realizados senão Nele. É muito amor, irmãos! Mesmo diante de tanta ingratidão da nossa parte, Deus não desiste de nós!

Louvemos, adoremos, glorifiquemos o Senhor! Esse Deus maravilhoso! Ele se rebaixa a nós, míseras criaturas, para nos resgatar da lama e nos elevar a Ele.

Reconheça sua maldade e a partir de hoje não reclame mais de Deus, seja eternamente grato, agradecido. Tudo que fizermos nessa vida nunca será o suficiente, nunca será demais diante de tanto Amor vindo de Deus. Deus nos ama! Deus te ama!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão, deixe uma mensagem!!!


"Despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da Luz" Rm 13,12
CEFAS, oriundo do nome de São Pedro apóstolo, significa também um Acróstico: Comunhão para Evangelização, Formação e Anúncio do Senhor. É um humilde projeto de evangelização através da internet, buscando levar formação católica doutrinal e espiritual.